segunda-feira, 16 de junho de 2014

"CANDIDATURA DO PCdoB É UMA DISSIDÊNCIA DA OLIGARQUIA SARNEY", afirma LUÍS PEDROSA

Pré-candidato ao Governo do Maranhão pelo PSOL, Pedrosa igualou grupo de Flávio Dino ao de Sarney

O advogado Luís Pedrosa (PSOL) vem demonstrando que não terá medo de ser enquadrado pelos oposicionistas como um defensor do "sarneísmo", por ter coragem de bater forte na candidatura comunista.

Durante a convenção estadual do seu partido no último sábado (14), o pré-candidato a governador disse a este jornalista com exclusividade: "A nossa candidatura existe para contrariar a tese de que o PCdoB é oposição no Maranhão, nós achamos que a candidatura do PCdoB é uma dissidência interna da oligarquia Sarney, tanto que os principais representantes dessa oligarquia migraram para essa candidatura do PCdoB".

A frase de Luís Pedrosa veio acompanhada da explicação. "Não enxergamos nenhuma diferença entre uma candidatura que está fazendo articulações com latifundiários e representantes do agronegócio com aquela apresentada pelo grupo Sarney", completou.

De acordo com Pedrosa, a sua candidatura é a que representa o verdadeiro espírito da oposição no Maranhão e não o grupo que está posto no momento e se coloca como tal.

O pré-candidato a governador pelo PSOL diz que do ponto de vista programático há uma necessidade histórica de apresentar à população um cenário de transformações reais e não só de discurso como vem ocorrendo atualmente.

Pedrosa ainda critica o método de condução da campanha de Flávio Dino (PCdoB) que é amparado por financiamento privado e que, no futuro, isto trará o custo para o poder público.

Na última eleição o candidato a governador do PSOL, Saulo Arcângeli (hoje no PSTU) ficou muito distante de obter pelo menos 1%. Porém, desta vez, o partido deve ter um desempenho melhor por conta do posicionamento do advogado Luís Pedrosa, que promete não se curvar às pressões dos dois grupos políticos.

Fonte: Editado do Blog do Diego Emir

Leia também:


Acompanhe o Blog do Hugo Freitas pelo Twitter e Facebook

2 comentários:

  1. Ainda tem gente que acredita em pureza política em pleno século XXI. A Política é feita de grupo. Até o velho Prestes percebeu isso. Suponhamos que um PSOL ou um PSTU desses da vida ganhe uma eleição majoritária. Como essa gente iria governar sem apoio de outros partidos ? No meu entendimento o estelionato eleitoral que estariam cometendo,seria mais grave do que aqueles que já estamos acostumados e, poria de uma vez por todas esse engodo que se vende em todas as eleições quando os partidos de esquerdistas radicais atacam os oposicionistas ao grupo sarney.

    ResponderExcluir

Grato pela participação.