quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

2014: O Fim de um Ano Histórico

A "era Sarney" chegou ao fim

Por Hugo Freitas

E eis que chega ao fim um dos anos mais marcantes das últimas décadas. 2014 reúne diversos ingredientes para se tornar um ano histórico, tanto pela relevância de determinados acontecimentos em múltiplas esferas sociais, a nível nacional e internacional, de modo mais geral, quanto por fatos que marcaram a sociedade maranhense, de forma mais pontual.

Em 2014, o mundo assistiu a uma das mais sangrentas "guerras" travadas entre judeus e palestinos na Faixa de Gaza desde o início dos anos 2000. E explicito o termo "guerra" entre aspas por entender que a morte de mais de 2.000 palestinos (entre estes 541 crianças, 250 mulheres e 95 idosos), segundo dados da ONU, em comparação aos 64 soldados israelenses mortos (sendo 5 por "fogo amigo"), não se pode chamar de "guerra", mas sim de "massacre", executado por um país que possui exército, um arsenal bélico que contém inclusive ogivas nucleares e que desfruta da proteção dos EUA contra um povo sem exército, que luta para ter reconhecido seu Estado e que é visto pela imprensa internacional como "escudo de terroristas".

Na esteira desse assombro mundial, houve ainda o recrudescimento das tensões entre Rússia e Estados Unidos deflagrada a partir da "crise na Ucrânia". O planeta voltou a sentir o espectro da "Guerra Fria" rondando pelos ares com o despertar do medo de um conflito entre as suas duas maiores potências, temor este que havia adormecido com o fim da extinta União Soviética.

Ainda no plano internacional, 2014 ficará marcado contudo por um ato de reaproximação entre Cuba e EUA. A ilha comunista comandada pela família Castro pode comemorar o fim do embargo econômico impingido pelo governo norte-americano desde a consumação da Revolução Cubana (1959). Che Guevara deve ter se retorcido no túmulo com a declaração do presidente Obama: "Somos todos americanos"!

Na esfera nacional, assistimos ao país que intentava realizar "a Copa das Copas" sofrer a maior goleada de sua história num Mineirão lotado. Os 7 a 1 da Alemanha jamais serão esquecidos, cujos efeitos superaram, de forma infinitesimal, o trauma do antigo "Maracanaço" de 1950, quando o Brasil sediou pela primeira vez a Copa do Mundo.

Escândalos de corrupção como a "Operação Lava-Jato", que trouxe à tona as traquinagens arquitetadas com o dinheiro público na maior empresa brasileira, a Petrobrás, envolvendo tanto partidos aliados da base governista quanto de oposição, deixou à mostra as vísceras de uma República Federativa que está anos-luz de distância das premissas elaboradas por Platão e Montesquieu, bem como sinaliza para o desgaste de um governo que se apoia nas políticas "populistas" de distribuição de renda para se manter no poder.

Na economia, o país caminhou (e caminha) sensivelmente para um estado de descontrole sobre a inflação. Crescimento baixo e "revisão" de direitos trabalhistas compõem um mosaico nada animador para se adentrar o ano novo.

Foi em 2014 também que o Brasil registrou a maior e mais acirrada disputa eleitoral desde o fim da ditadura militar. A morte de Eduardo Campos, a ascensão e queda de Marina Silva e o renascimento de Aécio Neves aos 45 do segundo tempo deram um tom ainda mais peculiar às eleições presidenciais, vencidas pela petista Dilma Rousseff, no segundo turno, com impressionantes três milhões de votos apenas de diferença em relação ao tucano Aécio.

Flávio Dino, o primeiro governador "comunista" da história do Brasil

No Maranhão, por sua vez, registrou-se o fechar de um ciclo político hegemônico que perdurou por quase cinco décadas e o início de outro. A "era Sarney" chegou ao fim! A esmagadora vitória nas urnas (63,52%), em primeiro turno, de Flávio Dino (PCdoB) foi ladeada com as aposentadorias do patriarca do clã, José Sarney, (ex-governador e ex-presidente da República) e de sua filha Roseana Sarney, que ostentou por quatro mandatos o cetro de governadora.

No ano em que se rememorou os 50 anos do Golpe Militar de 1964, evento crucial para a vitória de Sarney no pleito de 1965, que o alavancou ao posto de comando do Palácio dos Leões, a vitória de Flávio Dino também marca a eleição do primeiro governador "comunista" da história do Brasil.

Somados esses eventos às aposentadorias de Sarney e Roseana, os acontecimentos políticos do Maranhão em 2014 ressoaram de forma irrevogável tanto no país quanto no exterior, a ponto do jornal mais influente dos EUA, o "The New York Times", dedicar preciosas linhas para abordar a derrocada de uma das "oligarquias" mais longevas do Brasil.

Por tudo isso, 2014 já pode ser considerado um ano histórico, a ponto de não se conseguir vislumbrar pelos próximos anos, em termos comparativos, a dimensão dos eventos aqui relatados e brevemente analisados.

2015 vem aí! Feliz Ano Novo!

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

IFMA abre concurso com mais de 200 vagas para professor


2014 chega ao fim com uma excelente oportunidade para quem deseja ingressar na carreira de docente da esfera federal.

O Instituto Federal do Maranhão divulgou o edital de abertura de concurso público para provimento de 203 vagas de professores efetivos da carreira do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT).

O prazo de inscrições terá início às 10 horas do dia 12 de janeiro de 2015 e vai até às 23h59 do dia 25 de janeiro. A taxa de inscrição é de R$ 110,00 (cento e dez reais), devendo ser paga até o dia 26 de janeiro.

O regime de trabalho será de 20h semanais ou 40h semanais, em regime de Dedicação Exclusiva (DE). Os vencimentos podem chegar ao valor de R$ 8.049,77, conforme a titulação dos aprovados.

Para realizar sua inscrição e obter outras informações, acesse o site da Fundação Sousândrade (FSADU).

Há vagas para os campi: Açailândia, Alcântara, Bacabal, Barra do Corda, Barreirinhas, Buriticupu, Caxias, Codó, Coelho Neto, Grajaú, Imperatriz, Pedreiras, Pinheiro, Santa Inês, São João dos Patos, São Luis/Centro Histórico, São Luis/Monte Castelo, São Luis/Monte Castelo– Núcleo Avançado Bacabeira, São Luis/Monte Castelo – Núcleo Avançado Santa Rita, São Raimundo das Mangabeiras e Zé Doca.

Confira as áreas que o concurso contempla:

Administração 
Arte
Arte/Artes visuais
Biologia 
Ciências Agrárias/Agricultura 
Ciências Agrárias/Engenharia agrícola
Ciências Agrárias/Zootecnia
Construção Civil 
Contabilidade
Design
Direito 
Economia
Educação
Educação Física
Engenharia Ambiental 
Engenharia Civil/Estrutura
Engenharia de Pesca
Engenharia de Petróleo e Gás/Geologia e engenharia de poço
Engenharia de Petróleo e Gás/Processo de produção e economia do petróleo
Engenharia Elétrica/Automação e controle
Engenharia Elétrica/Eletrônica 
Engenharia Elétrica/Eletrotécnica 
Engenharia Mecânica/Materiais e processos de fabricação
Eng. Mecânica/Mecânica das máquinas e transferência de calor e massa
Filosofia 
Física
Geografia 
Gestão/Marketing
História
Informática 
Letras/Português/Língua Espanhola 
Letras/Português/Língua Inglesa
Letras/Espanhol
Letras/Inglês 
Letras/Português 
Libras
Matemática
Química 
Segurança do Trabalho 
Sociologia 
Tecnologia de Alimentos

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

Professores da rede municipal de ensino contabilizam destaques positivos de 2014

Prefeito Edivaldo e secretário Geraldo Castro

Estudantes e educadores da rede municipal de ensino encerram o ano de 2014 com destaques positivos a comemorar. Processos seletivos, concursos literários, olimpíadas do conhecimento e competições esportivas foram alguns dos campos em que docentes e discentes tiveram amplo destaque e reconhecimento.

Para o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, os prêmios e destaques são indicativo do empenho dos estudantes e de seus professores. "A Educação Integral, persistente objetivo do prefeito Edivaldo Holanda Júnior para a área da Educação, se torna realidade a cada dia e esses resultados positivos obtidos pela gestão do prefeito Edivaldo e ainda por professores e estudantes demonstram que estamos no caminho certo", destacou o secretário.

Um dos reconhecimentos obtidos em escala nacional veio por meio do programa Ativamente, aplicado em dez escolas de Educação Infantil de São Luís através de uma parceria da Prefeitura com o Instituto Neurocenter e o núcleo de Neurociência da Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP). Em outubro, o programa teve sua eficácia comprovada pela Associação Brasileira de Neurologia, Psiquiatria Infantil e Profissões Afins (Abenepi) e foi homenageado com o prêmio "Sylvia Maria Ciasca", que reconhece iniciativas de sucesso na área de Saúde e Educação.

O corpo docente da Prefeitura de São Luís também teve representantes nos destaques do ano de 2014. O professor Antonio Motta Ferro, da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) São José, foi um dos 30 vencedores de um processo seletivo com mais de 600 professores de escolas públicas e particulares feito pela Sociedade Brasileira de Física e pela Escola de Física CERN 2014. Ele foi contemplado com uma formação na área de Física, que aconteceu na Europa, nas cidades de Lisboa e Genebra.

Já o professor Charles Simões, que leciona Língua Portuguesa na U.E.B. Alberico Silva, conquistou o 7º lugar no júri popular do Festival de Contos do Rio de Janeiro e ainda teve um texto selecionado para leitura dramatizada durante a abertura do festival. O docente conquistou o reconhecimento no festival com o conto "Trajetória de um colarinho branco", em que ele discorre sobre as eleições no país fictício de "Tudo é Possível".

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Apruma assume presidência do PSOL de olho nas eleições para reitor da UFMA

O presidente da Apruma, Antônio Gonçalves, é o novo dirigente-mor do PSOL maranhense

O Partido Socialismo e Liberdade está sob novo comando no Maranhão. Após as eleições deste ano, o então presidente Haroldo Sabóia pediu afastamento do cargo alegando "questões pessoais", dessa forma o médico e professor universitário Antônio Gonçalves, assumiu a presidência do PSOL no Maranhão.

Gonçalves fica a frente do partido até outubro de 2015, quando encerra o mandato da atual gestão e ocorrerá eleição para escolha de um novo presidente para o diretório estadual.

O professor universitário, que também hoje é presidente da APRUMA (Associação dos Professores Universitários da UFMA), diz que sua principal missão será ampliar o quadro de filiados, porém com nomes qualificados, principalmente aqueles que militam na esquerda e estão descontentes com a postura dos partidos, principalmente o PT.

Antônio Gonçalves revelou também que apesar de estar longe da eleição de 2016, o partido já começa a discutir a sucessão municipal e o nome de Luís Pedrosa está sendo muito bem cotado para a disputa, uma vez que o advogado atingiu a marca de quase 5% dos votos para governador dentro de São Luís, um número semelhante ao alcançado pelo ex-prefeito Tadeu Palácio (PPS) na última disputa para prefeito em 2012.

Inclusive o diálogo está sendo novamente aberto com partidos que estão na linha esquerda, preferencialmente o PSTU e PCB.

No entanto, o PSOL tem antes uma batalha também importante, a disputa pela reitoria da Universidade Federal do Maranhão. Apesar de não falar no assunto, o partido vem se articulando para lançar um nome para a disputa. Uma possível candidatura de Antônio Gonçalves não está descartada, mas como presidente da APRUMA e do PSOL não cairia bem diante da comunidade acadêmica. Outras alternativas também estão sendo buscadas.

O médico Antônio Gonçalves foi candidato a vereador em 2012 e foi o mais bem votado da legenda, obtendo 1297 votos, no entanto ficou bem distante da vaga de vereador de São Luís.

Fonte: Blog do Diego Emir (com edição)

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

Política e blogs: uma inflexão no Maranhão


Por Hugo Freitas

Uma das primeiras mudanças significativas que os internautas que acompanham o cenário político maranhense deverão observar com o início do novo governo estadual será na esfera da cobertura midiática, em especial feita pelos blogs.

Com a proliferação desta plataforma de comunicação digital, que está atrelada à ampliação da estrutura de banda larga em todo o Brasil, e a importância que esta ferramenta adquiriu nas últimas eleições, particularmente no Maranhão, estado que registra um dos maiores números de blogs sobre política do país, têm crescido tanto a audiência desses espaços virtuais quanto a procura pelos serviços oferecidos pelos ditos “bloggers”. Isso gera uma vinculação cada vez mais estreita entre a atividade política e a produção de conteúdo dos blogs.

E é aí que reside o ponto de inflexão a que me refiro no título. A mudança de governo no Maranhão traz em seu bojo uma mudança também no paradigma da comunicação na “blogosfera” estadual. Se antes os blogueiros “sarneysistas” - profissionais (ou não) que trabalham nos diversos órgãos de comunicação que integram o império midiático da família Sarney - davam as cartas no jogo político local publicizando informações “em primeira mão” sobre o governo que finda e seus atores, o que tornava praticamente obrigatória sua leitura diariamente e, assim, o aumento de sua audiência e relevância, agora são os blogueiros “dinistas” (já batizados pelos novos opositores de “blogueiros-paletó”) que usarão da prerrogativa de serem eles os primeiros a noticiar fatos sobre o novo governo e os bastidores que o circundam.

Isso implica observar o estabelecimento de uma reconfiguração nesse cenário digital, onde os blogs alinhados ao governador Flávio Dino irão assumir o papel de protagonistas na esfera político-comunicacional maranhense, cuja leitura diária passará a ser também obrigatória para quem quiser acompanhar o cotidiano da política e dos novos governistas, relegando assim a um patamar menos privilegiado, digamos assim, os escribas atrelados ao clã que deixa o governo, havendo a necessidade destes de se readequarem às "exigências" do mercado político-midiático estadual.

Trocando em miúdos, a “queda” de Roseana Sarney dos Leões gerou também a “queda” de seus blogueiros escudeiros, que continuarão a ter seu público-leitor, mas não mais com a mesma força de antes, já que terão de enfrentar a crescente e significativa concorrência dos “blogueiros-paletó” aliados do novo governador.

E essa inflexão na relação entre política e blogs já pode ser observada tanto pela diminuição significativa dos “comentários partidarizados” em determinados sites, quanto pelo aumento dos “ataques” ao novo governo em outros, já nestes últimos dias de "transição".

Tal tese será colocada à prova, e de forma mais contundente, nas próximas eleições municipais, quando deverá se inverter a lógica da participação dos "leitores comentaristas" nos novos blogs governistas, que passarão da condição de "pedra" à de "vidraça".

É aguardar e conferir.

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

A disputa pela presidência da "Casa do Povo"


Por Hugo Freitas

Depois do resultado das urnas que definiu o fim de um ciclo político e o início de outro, com a saída de cena de José Sarney e de sua filha Roseana Sarney e a ascensão de Flávio Dino ao comando do Palácio dos Leões, a questão que irá agitar o cenário político do Maranhão até fevereiro do ano que vem será a escolha do novo presidente da Assembleia Legislativa (AL).

O posto máximo do Legislativo maranhense é cobiçado por muitos parlamentares que, de olho na importância e visibilidade que o cargo tem, investem pesado nos bastidores na tentativa de costurar alianças favoráveis às suas pretensões.

É o caso do deputado estadual eleito Humberto Coutinho, cujo nome é um dos mais ventilados até o momento (e dado como certo por muitos) para ocupar a cadeira de presidente da AL. A favor do chefe da "oligarquia Coutinho" que controla o município de Caxias pesa o apoio do governador eleito Flávio Dino (PCdoB), que pretende homenagear o seu padrinho político. O velho Coutinho sofre de um câncer e muitos temem que ele não consiga nem concluir o mandato.

Apesar da enfermidade de Humberto, que pode sensibilizar os demais colegas de Parlamento a seu favor, e da atuação de Flávio nessa eleição, dada quase como certa para o "oligarca" de Caxias, na esteira de outros prováveis candidatos começa a circular o nome do deputado de primeiro mandato Wellington do Curso (PPS).

O professor e empresário do ramo de preparatório para concursos públicos, Carlos Wellington "do Curso" vem demonstrando interesse e empolgação com a cogitação de seu nome para a presidência da "Casa do Povo". Wellington é presidente municipal do PPS e foi eleito com mais de 22 mil votos em todo o estado.

De origem humilde e não dispondo das vantagens de uma filiação "nobiliárquica", o professor Wellington conseguiu vencer uma eleição estadual sem a bênção de nenhum padrinho político, nem o apoio dos grupos oligárquicos que dominam a política maranhense e que, via de regra (com raras exceções), desenham os contornos do cenário eleitoral estadual.

Por isso mesmo, é pouco provável uma vitória sua nessa micro-eleição, especialmente pela tendência da "nobreza" política local eleger sempre um outro "nobre de sangue" para a cadeira-mor do Legislativo estadual.

Contudo, até o retorno dos trabalhos na Assembleia, em fevereiro de 2015, muitas águas hão de passar. Outros nomes entrarão fortemente na disputa, tanto pelo lado dos "novos governistas" quanto pelo campo da "nova oposição".

Mas caso aconteça de o improvável vencer a previsibilidade com Wellington chegando à presidência da AL, a "Casa do Povo" nunca terá conseguido fazer tanto jus a uma cognominação historicamente antagônica e distorcida.

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Governador do Ceará é confirmado como o novo ministro da Educação

Cid Gomes é irmão de Ciro Gomes

O novo ministro da Educação é o atual governador do Ceará, Cid Gomes. Ele nasceu em Sobral (CE), em 1963, e ingressou na política em 1988, aos 25 anos. Ele substitui o atual titular da pasta, Henrique Paim.

Cid Gomes se formou em Engenheiro Civil na Universidade Federal do Ceará (UFC). Em 1990, conquistou o primeiro mandato de deputado estadual, reelegendo-se em 1994.

Foi eleito prefeito de Sobral em 1996 e em 2000. Em 2005, mudou-se para Washington (EUA), onde exerceu a função de consultor do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Em 2006, elegeu-se, em primeiro turno, governador do Ceará e também coordenou a campanha de Luiz Inácio Lula da Silva para o segundo turno da eleição presidencial. Em 2010, foi reconduzido ao cargo de governador.

Cid Gomes é filho de José Santos Ferreira Gomes, que foi prefeito de Sobral, e irmão de Ciro Gomes, ex-prefeito de Fortaleza, ex-governador do Ceará e ex-ministro da Fazenda, em 1994, e da Integração Nacional, em 2003.

Siga o nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

Orçamento 2015 de São Luís é aprovado em cerca de 3 bilhões

Orçamento apresentado pela Prefeitura foi aprovado por unanimidade e sem emendas

A Câmara Municipal de São Luís aprovou, nesta segunda-feira (22), a Lei Orçamentária Anual (LOA) que estima a receita e fixa a despesa do Município para o exercício financeiro de 2015, nos termos da Constituição Federal e da Lei Orgânica do Município.

Os parlamentares aprovaram orçamento com estimativa de R$ 2,7 bilhões para a Prefeitura de São Luís executar no próximo ano.

Segundo o líder do governo na Casa, vereador Osmar Filho (PSB), o orçamento elaborado é uma estimativa de receita e que dependerá, dentre outras coisas, da capacidade de arrecadação do Município. Existe ainda uma estimativa de melhoria da receita para o próximo ano e também de um cenário mais favorável à efetivação de parcerias com o governo do estado.

A votação contou com a presença de 28 dos 31 vereadores em plenário que aprovaram por unanimidade a peça orçamentária, sem nenhuma emenda, das 85 apresentadas.

O orçamento de 2015 prevê recursos para a realização de concurso público para ALGUNS órgãos municipais, reajuste de servidores, além da criação da Secretaria de Cultura, que consta no bojo do orçamento.

Na área de Saúde, estão previstos investimentos de R$ 691.489.896 e na Educação R$ 507.036.846. A área de Obras está contemplada com o investimento de R$ 339.172.183.

A LOA garantiu também que 1,5% da receita corrente líquida seja destinada para as emendas impositivas, o que corresponde a R$ 32 milhões, e cada vereador tem direito a indicar uma.

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

FLÁVIO DINO E OS "VENTOS DA MUDANÇA"


Por Hugo Freitas

Diplomado nesta noite de sexta-feira (19/12) o primeiro governador comunista da história do Brasil, Flávio Dino.

Depois de quase 50 anos de dominação política do grupo liderado por José Sarney, Flávio Dino (PCdoB) é diplomado governador do Maranhão.

Por essas "coincidências" que só a História e os historiadores explicam, a consolidação política de Dino à frente do Executivo maranhense ocorre no ano do cinquentenário do Golpe de 1964 que ajudou Sarney a chegar ao posto de governante máximo do estado, através do exílio imposto pelos militares dirigentes do país ao principal candidato oposicionista de então, o falecido jornalista Neiva Moreira, cuja saída forçada do cenário político de outrora favoreceu a entrada oportunista do "oligarca" de agora.

A vitória de Flávio Dino também encontra comparação nos dias mais recentes. O líder contemporâneo das "Oposições Coligadas" conseguiu impingir a maior derrota eleitoral ao grupo político dominante, superando a inédita vitória do falecido Jackson Lago, em 2006, quando este derrotou Roseana Sarney no voto e perdeu na toga para a mesma, através do conhecido "Golpe do Judiciário" de 2009 que expulsou Jackson dos Leões e devolveu o trono à filha de Sarney.

Como se tivesse combinado com os "deuses da História", Flávio assume definitivamente a posição de protagonista político do Maranhão, ocupando a cadeira-mor do Palácio dos Leões, um dia depois da despedida de José Sarney do Senado e da vida política. Na mesma esteira do "apagar das luzes", sua filha Roseana, que exerceu a função de governadora por quatro mandatos, também saiu de cena após renunciar ao posto (confira aqui).

Nada mais simbólico do que os "ventos da mudança" soprarem por estas paragens anunciando o fim de um ciclo e o início de outro, com a saída de antigos atores e a entrada de novos personagens na história política do Maranhão.

Relembrando a canção dos Scorpions, "Wind of Change", esta "noite de glória" ficará marcada na memória com "a magia do momento, onde as crianças do amanhã ficam sonhando no vento da mudança".

Take me to the magic of the moment/
On a glory night/
Where the children of tomorrow dream away/
In the wind of change

Com a diplomação legitimada pelo voto popular, Dino está apto a tomar posse do cargo de governador, no dia 01 de janeiro de 2015, com a incumbência de retirar o Maranhão da sofrida condição de o estado mais miserável da federação em termos de índice de desenvolvimento humano e social.

Eis o sonho pueril; eis o desejo da maioridade; eis o soprar dos "ventos da mudança".


Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Semed realiza mostra educacional com alunos da rede municipal


A Secretaria Municipal de Educação de São Luís (Semed), realizou nesta quarta-feira (17), no Parque do Bom Menino, a I Mostra Educacional de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente.

Participaram do evento 32 escolas da rede municipal que apresentaram projetos executados nas unidades de ensino ao longo do ano letivo, com o objetivo de compartilhar conhecimentos e experiências do trabalho desenvolvido.

O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, esteve presente e visitou os stands de todas as escolas. “Com este evento conseguimos fazer com a que a Educação transborde os muros das escolas. Realizamos hoje a culminância dos trabalhos realizados dentro das escolas e isso se deve em muito ao trabalho extraordinário desenvolvido pelos nossos professores, que ensinam nossas crianças com generosidade e dedicação”, destacou.

"Conseguimos fazer com a que a Educação transborde os muros das escolas", Geraldo Castro

A abertura oficial da I Mostra Educacional da Semed foi realizada pela banda Amadeus Mozart, pelos estudantes do coral de surdos da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Maria Alice Coutinho e pelo coral da creche Olívio Castelo Branco, que realizaram uma cantata com músicas natalinas. A programação contou ainda com a presença dos veículos do projeto Carro-Biblioteca, do Núcleo de Braille da Educação Especial e do Programa Saúde na Escola (PSE).

As crianças da Educação Infantil da U.E.B. Moranguinho, no Monte Castelo, produziram para a mostra uma releitura das obras do artista plástico pernambucano Romero Britto. O tema da apresentação foi “Por um mundo mais colorido – fazendo arte com Romero Britto”. Os quadros e objetos pintados pelas crianças tiveram o acompanhamento da professora Érica dos Guaranis Siqueira, que trabalhou a temática com 80 crianças de cinco turmas da creche, durante aproximadamente oito meses, entre abril e novembro deste ano.

“Dei liberdade para as crianças criarem. Elas mesmas escolherem as telas de Romero que iriam pintar e ajudaram a juntar sucatas para a construção dos trabalhos; pratinhos de isopor, rolos de papel higiênico, CDs descartáveis, entre outros materiais; e tudo isso com a ajuda de seus pais. Foi uma forma que encontrei de trabalhar também a questão da sustentabilidade”, explicou a professora.

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

Eleito "novo" presidente do Tribunal de Contas do Maranhão

Conselheiros Caldas Furtado, Jorge Pavão, Nonato Lago e Washington Oliveira

O conselheiro João Jorge Jinkings Pavão foi eleito nesta quarta-feira (17), durante sessão extraordinária realizada no plenário Newton de Barros Bello Filho, presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA) para o biênio 2015/16.

Atual vice-presidente da Corte de Contas maranhense, Pavão assume o mandato a partir do dia 1º de janeiro juntamente com os conselheiros José de Ribamar Caldas Furtado, Raimundo Nonato Lago e Washington Oliveira que foram eleitos vice-presidente, corregedor e ouvidor, respectivamente.

A eleição aconteceu de forma consensual e foi comandada pelo atual presidente, conselheiro Edmar Cutrim, cujo mandato encerra-se no próximo dia 31. Os conselheiros eleitos, após o anúncio do resultado, foram empossados de imediato.

Esta será a segunda oportunidade na qual Jorge Pavão comandará o Tribunal – ele presidiu a Casa no biênio 2003/04.

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

Aberto o V Salão de Artes Visuais de São Luís

Fotos: Func

Realizada nesta quarta-feira (17) a abertura do V Salão de Artes Visuais de São Luís, na Galeria Trapiche Santo Ângelo. Organizado pela Fundação Municipal de Cultura (Func), o público poderá conferir a exposição de 42 obras de 35 artistas.

O Salão oferece um prêmio principal de R$ 15 mil e cinco prêmios no valor de R$ 7 mil, além de um prêmio do júri popular no valor de R$ 6 mil reais.

Este ano, o evento contou com a avaliação dos curadores Carlos Sena Passos (artista plástico, professor e diretor do Centro Cultural da Universidade Federal de Goiás) e Murilo da Paula Godoy (artista visual e especialista em arte, fotografia e design gráfico, formado em Artes Plásticas e Comunicação Social pela Escola Guignard e Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais), que ficaram responsáveis pela seleção das obras concorrentes encaminhadas ao júri de premiação.


Já a Comissão de Premiação foi constituída pelos especialistas em arte, Celso Fioravante (editor do Mapa das Artes, jornalista e curador) e Divino Sobral (artista visual, crítico de arte e curador), convidados para escolher os seis artistas que serão premiados dentre os 35 selecionados pela Comissão de Seleção.

As obras do V Salão de Artes de São Luís ficarão em exposição até abril de 2015, no horário das 9h às 19h, com entrada gratuita.

A Galeria Trapiche Santo Ângelo fica localizada na Avenida Vitorino Freire, s/nº, Praia Grande - Centro Histórico.

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

CNPq cria Diretoria de Ciências Humanas e Sociais


Atendendo uma demanda histórica dos pesquisadores e das associações e sociedades científicas nacionais da área, o Conselho Deliberativo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) aprovou, em reunião realizada no dia 26 de novembro de 2014, a criação da Diretoria de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

Atualmente, estas áreas estão vinculadas à Diretoria de Engenharias, Ciências Exatas, Humanas e Sociais (DEHS). A nova diretoria atuará tanto nas ações especificas das áreas envolvidas quanto em outras demandas transversais, tais como ações de Editoração, Divulgação Científica, Gênero e Políticas Sociais Inclusivas, dentre outras.

A aprovação pela Diretoria Executiva e pelo Conselho Deliberativo do CNPq levou em consideração as recomendações apresentadas pelo “Simpósio de Ciências Humanas e Sociais nas Políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação Contemporâneas”, realizado com o apoio do CNPq no dia 20 de agosto deste ano, quando a proposta de criação de uma diretoria específica para as áreas de ciências humanas foi submetida à apreciação conjunta das mais de 30 associações e sociedades científicas reunidas.

A implementação da nova diretoria será agora submetida ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e outras instâncias governamentais pertinentes.

As informações são da Coordenação de Comunicação Social do CNPq

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

SÃO LUÍS É A SEGUNDA CIDADE MAIS VIOLENTA DO BRASIL E UMA DAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO


Mais de 1.000 homicídios já foram registrados somente esse ano na Região Metropolitana de São Luís. O número foi indicado segundo dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), e aponta 2014 como o ano mais violento da capital maranhense. Segundo o balanço oficial da Secretária de Segurança, em 2013, foram mais de 807 homicídios, enquanto em 2012 foram registrados 635.

O alto índice de assassinatos contabilizados esse ano na capital tem criado um clima de insegurança entre a população, pois a cada mês a estatística aponta que a violência cresce cada vez mais. Somente em novembro, o mês mais violento até o momento, 103 pessoas foram vítimas de assassinato na cidade. Segundo uma pesquisa realizada pelo Observatório da Violência, São Luís é a segunda capital brasileira com maior aumento nos registros de homicídios em todo o país, um crescimento de 400% na última década.

A cidade já figura desde 2011 entre as trinta cidades mais perigosas do mundo, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), ocupando atualmente a décima quinta colocação.

A pesquisa também mostra que as vítimas desse crime são, em maior parte, homens (98%) e negros (85%). Outro aspecto desse tipo de crime levantado é o uso de armas de fogo, que chega a 54% nos homicídios praticados em todo o Maranhão, sendo que 74% dos crimes no estado são cometidos em São Luís.

Jhonatan Soares, de 25 anos, conhece bem essa realidade. Morador do bairro da Cidade Olímpica, localidade com um dos maiores índices de homicídios da capital, ele convive diariamente com as mortes germinadas pelo tráfico de drogas e a guerra entre policiais e criminosos. Jhonatan é Conselheiro Tutelar e tenta juntamente com a Pastoral da Juventude, ligada a Igreja Católica, mudar essa esfera tétrica e repleta de selvageria.

“A atual gestão tem criado uma política de repressão que gera medo nos moradores de bairros da periferia. Nós que moramos nessas regiões temos medo da polícia, que ao invés de trazer segurança, nos apresenta a morte, pois os policiais acabam tratando toda e qualquer pessoa da região como bandido. Isso nos coloca em uma linha tênue entre o tráfico e a polícia”, elucidou Jhonatan.

Quem também lamenta o atual cenário da criminalidade na capital maranhense é o arcebispo de São Luís, dom Belisário, que vê na escalada da violência a ausência de políticas públicas principalmente para os jovens. “As principais vítimas dos assassinatos no país são jovens, pobres, negros e do sexo masculino. Há um verdadeiro extermínio dessa população, e isso ocorre principalmente porque não há educação, não há emprego e melhores oportunidades para esses jovens, o que acaba fazendo com que o mundo do crime e do tráfico se torne algo realmente atrativo”, declarou.

Sobre o trabalho realizado pela Igreja Católica, o arcebispo ressaltou: “Nós temos muitos grupos ligados à Igreja que fazem trabalhos com esses jovens, muitos dos que coordenam esses grupos são das periferias e conhecem a realidade, mas o trabalho precisa ser mais amplo, deve integrar outros setores. A sociedade precisa participar diretamente e não exclui-los se quiser realmente vencer a criminalidade”.

É preciso ressaltar que, desde janeiro de 2013 até agora, 2037 casos de homicídios foram registrados na Grande São Luís sendo que, dos 50 casos de linchamento no Brasil, 22 foram na capital maranhense. O bairro com maior número de assassinatos é a Cidade Olímpica, com 80 casos, seguido do Coroadinho, Liberdade e Vila Embratel.

Fonte: O Imparcial (com edição)

Siga nosso perfil no Twitter e curta nossa página no Facebook

Governador eleito Flávio Dino convida população para cerimonial de posse