terça-feira, 13 de maio de 2014

O AVANÇO DE LOBÃO FILHO EM REDUTOS DA "OPOSIÇÃO DINISTA"


Por Hugo Freitas

A TV Guará divulgou o resultado do levantamento realizado pelo Instituto Exata sobre as intenções de voto do eleitor destrinchando-as nas principais cidades do Maranhão, incluindo a capital São Luís. E os números "surpreendem" a favor de Lobão Filho (PMDB).

Ouvindo os eleitores dos maiores colegiados do estado - São Luís, Imperatriz, Caxias, Timon e Santa Inês - redutos eleitorais comandados por prefeitos ligados ao pré-candidato Flávio Dino (PCdoB), a pesquisa mostra uma redução nas intenções de voto do comunista e um ligeiro crescimento do peemedebista.

Em São Luís, o maior colégio eleitoral do estado, administrado por Edivaldo Holanda Júnior (PTC), eleito com apoio de Flávio, o candidato da foice e do martelo aparece com 52% dos votos, enquanto que o candidato do grupo Sarney, Edinho Lobão registra "surpreendentes" 26%, haja vista que São Luís tem um histórico de não votar em candidatos apoiados pela família Sarney, como o é o pré-candidato do PMDB, partido comandado pelos sarneys no Maranhão.

Em Imperatriz, segunda maior cidade maranhense, cujo prefeito acaba de "pular para o barco" da oposição dinista, Sebastião Madeira (PSDB), Flávio pontua os mesmos 52% registrados na capital. Lobão Filho soma 25% das intenções de voto, o que também "surpreende", já que assim como em São Luís, Imperatriz é considerada um reduto de eleitores que não votam em membros do atual grupo governista.

No município de Caxias, administrado por Léo Coutinho (PSB), membro da "oligarquia Coutinho" que comanda a cidade há quase três décadas, cujo patriarca Humberto Coutinho é considerado um dos "padrinhos políticos" de Flávio Dino (confira aqui), o comunista registra 49%, contra 27% de Edinho Lobão.

Nas outras duas grandes cidades administradas por aliados de Flávio, Timon e Santa Inês, cujos prefeitos são Luciano Leitoa (PSB) e Ribamar Alves (PSB), respectivamente, o ex-presidente da Embratur registra a menor diferença em relação ao senador Lobão Filho. Dino lidera em Timon com "preocupantes" (para a oposição dinista) 42% dos votos, enquanto Edinho pontua "assombrosos" 25%. Já em Santa Inês o comunista tem 49% e o peemedebista, 20%.

Flávio Dino perde força em municípios controlados por seus aliados, enquanto Lobão Filho avança em redutos oposicionistas

A adjetivação em relação ao desempenho eleitoral de Lobão Filho se dá por conta de ele ter sido "escolhido" pelo grupo Sarney para substituir Luís Fernando Silva (PMDB) na corrida pela cadeira de governador há pouco mais de um mês, enquanto Flávio Dino está em campanha aberta pelo Maranhão desde 2010, quando foi derrotado por Roseana Sarney (PMDB), hoje em seu quarto mandato comandando o Palácio dos Leões.

Por outro lado, os números refletem a força do sobrenome "Lobão" no Maranhão, já que o pai de Edinho Lobão, o ministro das Minas e Energia Edison Lobão (PMDB) já foi governador do estado (1991-1994), o que lhe propiciou a criação e manutenção de uma rede de alianças políticas que, hoje, pode estar sendo mobilizada em favor de seu primogênito. E isto deve se ampliar até o dia 05 de outubro.

Pode-se depreender da pesquisa ainda que Flávio Dino perde força nos grandes municípios controlados por seus aliados, enquanto Lobão Filho avança nestes redutos eleitorais tidos como ferrenhamente "oposicionistas". E isto é um dado curioso, já que a tendência é que haja um crescimento ainda maior do nome de Edinho por estas veredas, uma vez que ele ainda não está em campanha aberta, dispondo de toda a ajuda da máquina estadual governada por Roseana Sarney. Já a tendência de queda de Dino deve se acentuar nos próximos levantamentos.

Vale registrar, por fim, que em pesquisas anteriores realizadas por outros institutos, Flávio Dino já chegou a atingir cerca de 65% da preferência do eleitorado maranhense. Mas assim como agora, a conjuntura era outra. E o crescimento de Lobão Filho, principalmente em polos historicamente "oposicionistas" (como São Luís e Imperatriz) é um fato que deve, e muito, preocupar os dirigentes da campanha de Flávio.

A pesquisa Exata/TV Guará ouviu 2 mil eleitores em 45 municípios do Estado do Maranhão e foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número 010/2014. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com um índice de confiança de 95%.

Acompanhe o Blog do Hugo Freitas pelo Twitter e Facebook

2 comentários:

  1. ezequiel aires garcia de oliveira13 de maio de 2014 14:49

    Meu caro jornalista, quem conhece Imperatriz e região, jamais acreditaria numa pesquisa fajuta dessa, essf rapaz por nome de edinho lobao não consegue nem 3% cento ,digo, tres por cento aqui na terra do Frei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A "surpresa" no meu texto é justamente por isso, Ezequiel.
      Vale ressaltar que a TV Guará, que encomendou a pesquisa, é de propriedade de Roberto Albuquerque, cunhado de Flávio Dino, o que reitera mais ainda o "assombro" sobre os números de Lobinho.
      Abraço.

      Excluir

Grato pela participação.