sexta-feira, 16 de maio de 2014

PROFESSORES DE SÃO LUÍS DECRETAM GREVE GERAL DA CATEGORIA

Por Hugo Freitas

Professores e professoras da rede municipal de ensino de São Luís aprovaram estado de greve da categoria em Assembleia Geral que ocorreu na manhã desta sexta-feira (16), no Auditório da FETIEMA.

Os profissionais da Educação rejeitaram a proposta da Prefeitura apresentada em Mesa de Negociação classificando-a de “imoral e sem sentido”, pois está aquém daquilo que os trabalhadores reivindicam, cerca de 20%, algo fora da realidade educacional brasileira. A proposta da administração é de um reajuste de 8,32%, como vem sendo trabalhando nacionalmente, parcelada em duas vezes (6% em maio e 2,32% em agosto, retroativo a maio). Antes, a proposta da Prefeitura era de 3%.

Além disso, os professores cobram a regularização funcional dos profissionais de educação da rede já neste mês de maio.

Com a aprovação do estado de greve, o sindicato dos professores de São Luís (SindEducação) deverá comunicar à Prefeitura de São Luís e à Secretaria de Educação do Município (Semed) a decisão da Assembleia e aguardar o prazo legal de 72 horas (em dias úteis) para dar início ao movimento grevista, conforme prevê a legislação sobre o assunto.

Sendo assim, os professores da rede municipal de ensino deverão cruzar os braços na próxima quinta feira (22).

"Até lá vamos fazer nosso planejamento, ajustar a organização da greve, conversar com todos os 5.712 trabalhadores da rede de ensino para que tenhamos uma adesão de 100% da categoria e fazermos um movimento forte”, asseverou a professora Elizabeth Castelo Branco, presidente do SindEducação.

Acompanhe o Blog do Hugo Freitas pelo Twitter e Facebook

2 comentários:

  1. Vamos nos unir para readquirir nos direitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro passo seria vc ter se identificado. :)

      Excluir

Grato pela participação.