terça-feira, 3 de abril de 2012

O EMPREGO DOS SONHOS: DEPUTADOS DECRETAM PARA SI PONTO FACULTATIVO NESTA "QUARTA-FEIRA SANTA"


Algum leitor já ouviu falar na "Quarta-Feira Santa"? Até onde se sabe, a tradição católica brasileira reza que o ponto facultativo durante a Semana Santa, em celebração à Páscoa (que marca a Ressurreição de Jesus Cristo, segundo a Bíblia cristã) é na Quinta-Feira, também intitulada de "Santa". E que o feriado religioso, de fato, reconhecido legalmente no Brasil, é na "Sexta-Feira da Paixão", dia em que se celebra a entrega da vida de Jesus pela remissão dos pecados do mundo.

Mas nunca este vosso interlocutor, prezado leitor, ouviu falar na "Quarta-Feira Santa". Pelo menos, até agora.

A Assembleia Legislativa do Maranhão, "A Casa dos Nobres" na qual imperam "Os Abutres do Povo" (VEJA AQUI), decretou ponto facultativo para os funcionários e parlamentares nesta quarta-feira, amanhã (04), intitulando a data de "santa" também.

Os imaculados parlamentares, que tanto trabalham durante o ano inteiro, gozando de super salários, inclusive além do que a maioria dos trabalhadores têm direito (VEJA AQUI), decidiram antecipar para si a folga do fim de semana, tecendo um "feriadão" com um dia a mais do que os demais servidores públicos terão para usufruir.

Este é, sem dúvida, o emprego dos sonhos de muita gente, no qual se pode aumentar seu próprio salário anualmente a seu bel-prazer, desfrutando-se de duas férias por ano, cujas atividades começam somente depois do carnaval e se encerram um mês antes do Natal, onde se têm todas as contas pagas pelos cofres públicos (desde a linha telefônica, passando pelo combustível de seus veículos, indo às despesas de orgias sexuais nos mais luxuosos motéis do Estado, até chegar nas próprias vestimentas que os ilustres deputados utilizam, sem considerar os super faturamentos de obras, de onde os parlamentares geralmente retiram sua "mais-valia", aumentando seu "pé-de-meia".

Além disso, se pode desfrutar de viagens e passeios com todas as despesas pagas pelo bolso e pelo suor do trabalhador que recebe, na maioria, um salário mínimo, e que ainda têm de conviver constantemente com a falta d'água nas torneiras, com seus filhos sem aula e com hospitais abarrotados, carecendo de médicos e de medicamentos.

Não é à toa que muitos dos que entram na política no Maranhão lutam, de todas as formas, para desfrutar de todas essas benesses, inclusive inventando tradições, como essa famigerada "Quarta-Feira Santa".

Hugo Freitas

2 comentários:

  1. Boa tarde Hugo Freitas, parabens pelo seu texto. Entretanto, fazer uma reflexão, sobre doença e saúde!!! São tantas as orgias, são tantas as atividades ditas, de lazer regada com drogas lícitas e lícitas, responsáveis pelos agravamentos da saúde dos que abusam. Abraços. Reinaldo Lima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato pela participação, Reinaldo.
      Abraços fraternos.

      Excluir

Grato pela participação.